29 outubro 2009

Essa eu nunca tinha visto!


O próximo adversário do Atlético-GO nesta sexta-feira, o Duque de Caxias, teve um desfalque importante no decorrer da semana.
E não foi nenhum jogador que desfalcou o time carioca. Alegando precisar resolver problemas pessoais, o treinador Gilson Kleina, que já teve algumas passagens por Santa Catarina, ficou de fora a semana inteira e não comandou os treinos da equipe fluminense. Brigando para se manter na Série B, o Duque foi preparado para o confronto contra os goianos pelo filho de Eurico Miranda e pelo auxiliar técnico de Kleina.
Essa eu nunca tinha visto, um técnico que se ausenta por um grande período e não vai comandar o time. Uma situação no mínimo inusitada. E nesse caso, como será possível cobrar do atleta uma postura profissional se  nem o comandante dá exemplo? Como exigir comprometimento dos jogadores com o objetivo do clube de permanecer na segundona? Complicado realmente. Menos mal que o Duque de Caxias não é um time de grande torcida...

O futebol é realmente uma caixinha de surpresas!

4 comentários:

Jota Alvinegro disse...

Primeiramente quero dizer que ficou ótimo o novo lay out do blog..
muito bom mesmo!

e quanto ao gilson Kleina creio que o problema pessoal que ele esta resolvendo seja de extrema importancia e delicado, caso contrario nao existiria um outro motivo para uma ausencia tão grande!


Valeu,

http://www.avaicai.blogspot.com/

se for possivel, me adicione nos favoritos.

abraço,
Jota Alvinegro

Anônimo disse...

Quero ver é o jogo hoje, temos que torcer, mais as coisas parecem complicada, por que descobri que a Direção do Atletico do GO é socio de Luiz Estevão do Brasiliense, ai vai ter muita maracutaia.

Giovani disse...

Sem saber qual a gravidade dos problemas pessoais do treinador Gilson Kleina, a título de curiosidade, vale lembrar um caso parecido de ausência de treinador por período longo, que aconteceu aqui no figueira, acho que em 2007. Foi quando, no campeonato catarinense, o treinador Mario Sergio teve problema de apendicite e passou quase um mês fora do comando da comissão técnica por estar em tratamento em São Paulo.

Jbmartins-Alvinegro disse...

Acho que isto fez bem ao Caxias, venceu de 5 x 1