07 outubro 2010

Canto do Figueira no Twitter

Para quem acompanhou o último post, viu a "reclamação" do blogueiro por falta de tempo. Então achei melhor e mais prático abrir uma conta no Twitter para o blog. Independente de qualquer coisa, o blog continuará, mas você pode seguir também no Twitter.
Siga @cantodofigueira!!!

04 outubro 2010

Equilibrio sempre

Fala torcida mais querida do Brasil! O período de ausência no blog foi grande. É aquela velha história: trabalhos, estudos, compromissos particulares acabam tomando o tempo do blogueiro e o espaço fica meio de lado. Realmente tempo é o que me falta nesses últimos meses. O blog ficou parado muito tempo é verdade, mas isso não significa que deixei de acompanhar o alvinegro mais querido do país.


Nesse período de ausência aqui, o Figueirense já esteve fora do G-4, voltou e ficou nele por diversas rodadas, já foi líder, oscilou, caiu, se manteve, subiu novamente, enfim, inúmeras situações ocorreram nessas vinte e seis rodadas. Entretanto, essas variações de posição na tabela não demonstram uma instabilidade do time. Muito pelo contrário: o Figueira faz uma campanha bastante regular nesta Série B. É o nível extremamente equilibrado da competição que promove essa dança das cadeiras dos clubes na tabela de classificação.

O Figueirense, indiscutivelmente, vive um bom momento, como há tempos não se via. A torcida alvinegra vivencia desde o segundo semestre de 2008, momentos conturbados, angustiantes, de desânimo e de incertezas. Necessário dizer quais são neste post? Claro que não, todos já sabem. Aos poucos as coisas estão entrando nos eixos novamente e a situação complicada e de descrédito começando a reverter. Mas ainda assim, esses conflitos do passado recente, sejam problemas dentro e fora das quatro linhas, ainda comandam o espírito e a credibilidade da torcida em relação ao futuro e presente do clube.

Basta um tropeço em casa e pronto. O mundo desaba. Não iremos subir, é ladeira abaixo, é se manter para brigar ano que vem de novo, esses pontos vão fazer falta lá na frente e mais tantas outras lamurias. Ora, resultados negativos todos terão, sem exceções. Ou existe time imbatível? Torneio de pontos corridos é regularidade, quem erra menos, leva, porém todos perderão pontos, e perderão pontos para equipes de nível inferior ao seu, sem dúvidas. Qualquer time que deixar de conquistar um mísero pontinho poderá se complicar no fim do campeonato, seja na parte de baixo ou de cima da classificação. Ou será que apenas os pontos perdidos pelo Figueirense complicará a sua situação no campeonato? Fazendo um levantamento extremamente rápido, a derrota da Ponte Preta em Campinas para o Figueira não poderá deixar de fora a Macaca da elite em 2011? E o que dizer da derrota do Bahia em Pituaçu para o poderoso Icasa? E a goleada sofrida pelo Coritiba contra o Ipatinga?

Em contra partida, é necessário uma sequência de duas ou três vitórias seguidas para sermos campeões. Abu Dhabi 2012 é apenas um detalhe. Devagar com o andor. Como já disse, vivemos um grande momento. Temos um time qualificado. Ouso a dizer que nessa Série B não há nenhum time superior ao Figueirense, tecnicamente falando. Existem boas equipes, assim como a nossa, melhores não. Agora, não é por esse motivo que venceremos o campeonato. Somos um fortíssimo candidato a conquistá-lo, entretanto, não há nada definido, muita água vai passar por baixo da ponte ainda. O elenco vem fazendo o que é certo,  joga sempre visando abrir o maior números de pontos possíveis do quinto colocado. Esse é o campeonato do Alvinegro. O título será  a cereja do bolo, como costumam dizer.

É óbvio que eu gostaria de ver esse time campeão. Aliás, penso que já passou da hora do Figueirense conquistar um título a nível nacional. Recentemente, foram duas na trave (Série B 2001 e Copa do Brasil 2007). Por quê não esse ano? Temos estrutura e condições para tal. Basta manter os pés no chão, sempre na humildade que tudo surgirá ao natural.

Falar de equilibro com o torcedor é muito complexo, para não dizer impossível. Somos todos passionais. Porém há momentos em que precisamos agir mais com a razão. Nunca estivemos tão perto do tão sonhado retorno à elite do futebol brasileiro. E é nisso que temos que nos apegar. Tudo o que vier depois é consequência de um planejamento bem feito. Além do mais, é preciso estar ciente que derrotas e empates amargos estão por vir, mas não será exclusividade nossa. Todos irão provar dos mesmos dissabores que o Figueirense. É fato. Calma e muita paciência nessa reta final. Sem muito alarde, nem terra arrasada. Nem muito lá, nem muito cá. Equilibro sempre.

03 julho 2010

21 junho 2010

É hora de se mexer

O Brasileirão parou mas os clubes não. É um tal de apresentar e dispensar jogadores, treinadores e dirigentes, especulações e boatos, num ritmo frenético. A disputa por atletas é enorme. E adivinha quem ganha? Quem tem o maior poder de barganha.

Ainda é cedo, mas o Figueirense pouco se mexeu neste início de paralização da Copa. Muitos nomes especulados, mas nada de concreto, ficando apenas nas conversações. A tal barca, prometida desde o fim do Catarinense, apareceu de forma tímida, no estilo conta gotas e ainda está longe de atingir o satisfatório.

Entendo que seja muito difícil e dispendioso para o clube, neste atual momento de dificuldade financeira, dispensar um atleta. Não é tão simples mandar um jogador procurar outro time. Mesmo assim, o Figueirense precisa enxugar seu elenco. Tem gente que nunca vestiu a camisa recebendoe em dia. Não dá  mais para ficar com jogador come e dorme ou que não tenha condições de ajudar o elenco a conseguir a principal meta do clube para este ano, o tão sonhado acesso. Bem ou mal, o Figueirense tem uma parceria, e sendo assim, é preciso ser parceiro nessas horas também, de arcar com as despesas. Eduardo Uram precisa ajudar o clube nesse aspecto.  Colocar tudo na conta dos inventidores não dá. É necessário que haja uma divisão das obrigações e compromissos financeiros também. Não há bônus sem ônus. Parceria unilateral não é parceria. Ao meu ver, é parasitismo.

Em relção as contratações, concordo que não devem ser feitas de forma precipitada e aos montes. É preciso identificar as carências e reforçar o grupo baseado nessa análise, mesmo que sejam com poucos atletas, mas que tenham qualidade. Em minha opinião, acredito que seja mais valioso trazer um jogador de qualidade ao invés de três meia boca. Até financeiramente é mais interessante.
Agora o que não pode acontecer é ver a banda passar e ficar esperando o atleta ideal bater na porta do Scarpelli pedindo para jogar. Isso jamais  irá acontecer. Temos o melhor futebol do mundo, há muito jogador de qualidade sem espaço e oportunidade.Quando Chicão chegou aqui, quem o conhecia? O próprio Wilson, João Filipe, e a lista é longa. O negócio é ir a caça, de forma seletiva.

Vejo muito comprometimento e vontade em Chico Lins e Renan Dal Zotto. Ambos estão sempre atentos e não se omitem em buscar informações sobre tudo o que possa melhorar o clube e o elenco. Mas é preciso mais que isso, é necessário agir de forma concreta. É preciso ações de todo mundo (diretoria, investiores e parceiro)  que contribuam para o bem do clube. É preferível investir um pouco mais (de forma consciente e não aventureira) ao invés de permanecer mais um ano na série B. É hora de se mexer.

Nunca é tarde para homenagear


Como já havia dito aqui, quando o blog sai do ar, será por falta de tempo do blogueiro, devido ao grande número de compromissos e afazeres neste semestre. Porém, isso não será empecilho para deixar de acompanhar o Figueira. E como nesse meio tempo de ausência houveram  fatos especiais, importantes e emocionantes, sinto-me na obrigação de prestar uma singela homenagem aos recentes acontecimentos envolvendo o alvinegro mais querido do Brasil, mesmo que de forma tardia

Figueirense 89 anos
Fui ao carreteiro sozinho pela primeira vez: meus amigos tiveram outros compromissos, sem dinheiro, dia dos namorados, deixaram para comprar a camiseta em cima da hora, etc. Não poderia deixar de ir a festa de  aniversário de uma das minhas paixões, o time do meu coração, só porque iria sozinho. Seria muita ingratidão com aquele que me proporcionou inúmeras alegrias esses anos todos .
 
E por estar sozinho (sempre você encontra um conhecido: abana dali, cumprimenta daqui, uma conversa rápida acolá), você acaba tendo aqueles momentos filosóficos, onde aparecem milhões de pensamentos, loucuras ou viagens. Entre tantos, um foi estimulado ao ver algumas crianças brincado de bola, pais com seus filhos, vestindo desde de pequeno o manto alvinegro, jogadores, jornalistas entrevistando dirigentes, torcedores, a bandeira  do clube tremulando, alegria, festa descontração, enfim, veio a minha cabeça o seguinte pensamento: será que Janga e sua turma algum dia pensaram que o time fundado por eles no "bairro" da Figueira, seria o clube de maior torcida do Estado? Torcida essa, tão fiel e apaixonada? Será que imaginaram que esse time ganharia tantos títulos? Proporcionaria tantas alegrias aos seus seguidores? 

Certamente não. Por esse time virbamos, torcemos, cantamos, nos emocionamos, vivemos forte e inesquecíveis emoções. Como também, por esse mesmo time já sofremos, choramos, nos decepcionamos. e até em momentos de ira e raiva, esboçamos uma vaia, não ao clube, mas a quem o representava num determinado momento. Mesmo com todas essas variações de sentimentos, um certamente jamais foi alterado ou modificado: o amor que nutrimos por este clube.

ORGULHO DE SER FIGUEIRENSE! PARABÉNS FIGUEIRA!


FERNAN10 - 95 gols
Existe uma palavra que a imprensa de Florianópolis adora pronunciar e que define perfeitamente o que é o Fernandes: diferenciado. E não digo isso me referindo apenas a qualidade técnica do jogador. Fernandes é um cara iluminado, sempre de bem com vida, sempre põe o clube em primeiro lugar, trata todos sempre com muito carinho, atenção e da mesma forma, sem qualquer tipo de distinção. É guerreiro, é batalhador, é sinônimo de dedicação, superação e comprometimento. Esse é o verdadeiro ídolo. Esse é o Fernandes. Esse é o maior artilheiro da história do Figueirense Futebol Clube.

E ainda existem pessoas que tem a coragem de dizer que a época do camisa 10 já passou, que deve parar, que não é mais o mesmo. Essa marca serve para provar que os "entendidos de futebol" de Florianópiolis precisam rever os seus conceitos e reverenciar o verdadeiro craque. Fernandes merece (ainda mais) o carinho e respeito de todos. Toda e qualquer homenagem  para ele  será pouca. Tenho a certeza de que essa marca história será ampliada ainda mais. E será a primeira de muitas que virão. Teremos mais alguns anos de prazer e satisfação em  ver o Rei do Scarpelli honrar a camisa alvinegra.

PARABÉNS FERNAN10, MEU QUERIDO! TU MERECES!


Michel Bastos
O que falta para muitos, transborda em Michel Bastos: humildade e gratidão. O camisa 6 da Seleção Brasileira deu uma aula de como se deve reconhecer quem estendeu a mão quando mais precisava. Se já gostava do jogador pela belíssima passagem em 2005 no Figueirense, com certeza depois da sinceras e emocionantes palavras, o lateral ganhou mais um fã. Desejo a Michel toda a sorte necessária. E e só o que ele precisa neste momento já que qualidade e competência demonstrou que tem de sobra. Mostre ao mundo o canhão da perna esquerda! Mostre ao mundo aquele futebol que nos deu tantas alegrias!

FORÇA MICHEL! ESTAMOS CONTIGO! ARROMBASSE!



No ar ( mais uma vez!)

Salve amigos alvinegros!

Quanto tempo, heim?

Depois de grande inatividade, o blog volta a funcionar (pela 3ª vez neste ano!)

Hoje prometo postar alguns posts, falando de tudo um pouco (Figueirense, Fernandes, Copa do Mundo, Brasil, etc..)

Aguarde! Em instantes, uma "enxurrada" de assuntos aqui!

30 maio 2010

Isso só se vê do lado de lá...

O time vai jogar na casa de um dos maiores clubes do Brasil, e mesmo assim se acha favorito na partida;

Na teoria, seria o único time do mundo com 100% de aproveitamento, levando em conta que qualquer resultado diferente de vitória foi por culpa da arbitragem, gramado, bola, aquecimento global, aumento do Dolar, acordo entre Brasil e Irã entre tantos outros complôs. Jamais o adversário foi superior;

Quando o árbitro prejudica é tendencioso. Quando há ajuda do homem do apito não passam de coisas do futebol. Aliás, abitragem considerada boa é aquela que somente os favorece;

É o único time que quando cai na tabela, não perde, conquista a posição;

Quando vence por uma diferença de três gols é goleada. Quando perde, não é;

Mesmo estando em dia com sua mensalidade, o associado precisa pagar para entrar no estádio e assitir a uma partida do seu time;

 Campeonato de uma rodada;

Camisa feita no paint brush.

29 maio 2010

Brasiliense 1 X 1 Figueirense - Mudanças já



Duas semanas complicadas, repletas de compromissos e obrigações, além de problemas com a internet (até isso pra complicar) fizeram com que o blog ficasse away nesse tempo. Até julho, amigo torcedor, poderão acontecer mais paradas forçadas como esta. Porém, sempre que possível, um post ou outro sempre surgirá aqui.

Ao meu ver, foi disparada a pior partida do Figueirense no ano. Mesmo jogando um primeiro tempo  razoável e tendo um volume de jogo maior, o time num geral foi apático. Depois de tomar o gol, o desânimo bateu de forma assustadora, os jogadores sentiram e apresentaram uma grande falta de vontade e uma postura totalmente bagunçada, taticamente falando. Não mereceu o empate. Foi impressionante, negativamente, o comportamento da equipe em campo pós-gol. Pareciam que não estavam nem aí. Uma falta de compromisso e de objetividade sem tamanho. É natural quando um time vem de uma sequência de boas exibições e cai um pouco de produção. Mas no caso do Figueirense, despencou! Será que as divergências dos bastidores estão refletindo em campo? Será que a atuação do time hoje foi uma  espécie de retalhação, um protesto por/contra alguém ou alguma coisa? Só posso imaginar que dever haver algum racha, alguma  coisa nesse sentindo, porque ninguém irá me convencer que um time esquece de jogar futebol do dia pra noite. É bem verdade que o time precisa de  reforços, que existam algumas lacunas a serem preechidas, mas o futebol apresentado hoje foi de longe a metade do que vimos durante o segundo turno do estadual. O time do Distrito Federal é muito fraco e o empate foi um mal negócio, ainda mais por ficar um pouco mais longe do G-4. O que realmente está acontecendo com o Figueirense, seja fora ou dentro de campo?

Não deixando por menos, Márcio Goiano foi extremamente infeliz em tudo o que fez na tarde de hoje. Aliás, complicou o que ele mesmo havia descomplicado. No início, começou a inventar, colcondo Fernandes no ataque. E essa é uma insistência  irritante, que já ficou provada que não irá vingar. Fernandes é na meia. Outra inistência é com Maicon e João Paulo. Maicon mesmo fazendo um campeonato catarinense razoável, já provou que não serve: não marca, não apoia com qualidade, só toca de lado, dá sempre um toque a mais na bola, e é extremamente sonolento. João Paulo é esforçado, mais não tem futebol para ser titular. A gota d'água foi quando Goiano deixou Maicon e sacou Fernandes para por Coutinho! Eu juro que não entendi o que Goiano quis fazer com aquilo ali. Ele simplismente tirou o bom passe que restava ao time e permaneceu com um jogador que visivelmente se arrastava em campo. A cobertura da defesa foi totalmente equivocada. Os defensores viviam desprotegidos e o perigo de ataque era constante. Ainda bem que o "amigo "do Asprila continua com seu futebol medíocre de sempre.

Como disse anteriormente, Márcio Goiano necessita de reforços para deixar esse time competitivo. Mas quando as coisas não vem dando certo, é preciso mexer em alguma coisa. Se o time não vem produzindo o esperado, mesmo com todas as limitações das peças de reposição, é preciso se virar com o que tem. Tem jogador que  veio e ainda não recebeu oportunidade sequer de ficar no banco de reservas. Por quê não testar Formigoni, Carmona e Jorge Felipe no time principal? Birra do treinador com a diretoria porque não atende seus pedidos de contratações? Pode até ser. Contudo, deve-se ter em mente, seja lá quem for, que a prioridade sempre será o bem do Figueirense, egos inflamados e vaidades deixadas sempre de lado.

Mudanças. E pra ontem. Se as coisas continuarem assim, não chegaremos a lugar nenhum. Serve tanto para Goiano quanto para a diretoria. É preciso dar o famoso murro da mesa, cobrar e exigir resultados. É preciso contratar é reforçar o elenco. É preciso parar de inventar e fazer o simples. É preciso reagir agora, enquanto há tempo.

Reage Figueirense!

12 maio 2010

Novos uniformes, Copa SC, Carlinhos Santos e Sobe Furacão!

Novos uniformes
 Ontem aconteceu a noite de lançamento dos uniformes para a temporada 2010/2011. Após um desgaste desnecessário e de certa forma sem sentido com a torcida e os blogueiros, a diretoria deu uma amenizada na situação e resolveu transmitir ao vivo a festa. Pegou muito mal a decisão de vetar a participação dos blogs no evento, ainda mais pelo fato de que não foi apresentado um bom motivo ou uma justificativa concreta para essa atitude. 
Voltando ao que interessa, gostei de todos os modelos das camisas. Uniformes simples, elegantes e principalmente, com a cara e a alma do Figueirense: o tradicional preto e branco. Gostei tanto, que já adquiri um, o segundo uniforme, que é muito mais bonito de perto, em minha opinião., do que na foto. O primeiro apenas pecou em um detalhe: atrás deveria continuar listrado ou preto, no lugar da parte branca. Porém, como havia dito, todos muito bonitos e de muito bom gosto. Parabéns a Fila!
Também foi exposto o novo projeto do Figueira a curto, médio e longo prazo. Tudo dito de forma muito superficial. Acredito que esse assunto deverá ser mais explorado e explicado a partir desse momento. É o que esperamos.

Copa SC
Que tiro no pé! O Figueirense, de forma boba, poderá perder 6 pontos por ter escalado de forma irregular Edson Galvão, na partida desta última segunda-feira, contra o Imbituba. Menos mal que foi na Copinha. Imaginem se fosse numa Série B? Complicaria significativamente um planejamento de um ano inteiro por uma simples falta de desatenção. A rapaziada responsável por essa parte precisa ficar mais ligada. Foi "até bom" que isso tenha acontecido na Copinha, neste momento, para que sirva de exemplo e que isso jamais se repita.
Abre o olho moaçada!

Carlinhos Santos
A vinda do bom volante do Joinville pode estar comprometida. A diretoria do JEC não gostou nenhum pouco do que foi dito no evento de ontem (de que Carlinhos Santos já estaria quase acertado com o Figueirense) e pelo andar da carroagem, não facilitará em nada a vinda do jogador para cá. Tomara que as partes se entendam. Carlinhos Santos é um grande jogador e teria tudo para dar certo aqui. Restar esperar o desenrolar dessa novela.

Sobe Furacão! Jogue Junto!
Belíssima e emocionante a nova campanha publicitária do Figueira. Explicar? Comentar? O video abaixo fala por si só.
    

 

10 maio 2010

Figueirense 2 x 1 Imbituba - Outra estréia com o pé direito

Não deu pra dizer nem que foi com o time B. O time que entrou em campo na tarde desta segunda - feira foi formado pelo garotos da base e três jogadores que nem figuram entre os relacionados para as partidas do time principal. Até por isso o nível do futebol apresentado não foi lá aquelas coisas. Tomou um susto no início com um golaço de bicicleta anotado por Alan do Imbituba. Porém, o expressinho alvinegro conseguiu dar a volta por cima e virou o placar no jogo de estréia da Copinha, com gols do atacante argentino Martin e do zagueiro Rafhael.

Estive presente na partida de hoje e os destaques do jogo foram poucos.Gostei bastante da atuação de Ricardo no meio campo e de Alex Junio no ataque. São jogadores que ainda não estão prontos, mas se bem trabalhados, poderão integrar o plantel principal num futuro próximo. Bruno jogou e agradou também. Atuou na meia direita, mostrando muita velocidade além de apoiar bastante o ataque.

Também gostei do número de pessoas presentes no Scarpelli. Para uma segunda-feira a tarde, com o time de juniores praticamente, o número de espectadores foi bastante bom. Creio que estiveram cerca de1200 torcedores presentes no Scarpelli.

Outro fato que me deixou bastante surpreso, positivamente, foi a presença de boa parte do elenco principal prestigiando a garotada em campo. Wilson, Willian, João Paulo, Ygor, Jeovânio, Maicon, Moreno, foram alguns dos que vi nas arquibancadas. Essa atitude demonstra união entre os atletas, seja do time titular ou reserva, e isso é um fator importantíssimo para quem quer conquistar com êxito qualquer meta traçada.

Além disso, a comissão técnica junto com membros da diretoria também estiveram presentes. Não vi Goiano, que deveria estar nos camarotes, mas vi Lodetti, Abel Ribeiro e Haviaras com outros membros da comissão. Isso também é muito importante. Sinal de que todo mundo está de olho na qualidade elenco.

O jogo valeu pelo placar e para matar a saudade de assistir um jogo no estádio. O próximo confronto do Figueira pela Copa Santa Catarina será contra o JEC, neste domingo, no norte do estado.

09 maio 2010

O blog de cara nova

Como perceberam, o blog mudou o visual.

Ainda não é o definitivo. Está em fase de testes. Algumas modificações ainda ocorrerão.

Não aguentava mais ver os detalhes azulados neste espaço. Alguns leitores questionaram se eu estava com problemas de visão, pois não encontravam nada adulterado. Visualizei o blog em outra cidade, outro provedor, outra conexão e em outro computador. E sempre estava lá o maldito azul.Para que não houvessem mais dúvidas se tinha ou não essa cor infame, resolvi modificar de vez.

E aí, o que acharam? Ficou bom? O outro era melhor? O que precisa ser melhorado ou retirado?
Deixem seu comentários, suas críticas ou seus elogios.
Espero que gostem

Abraços do Leonardo.

São Caetano 0 x 1 Figueirense - Com o pé direito


Um grande resultado para um início de Série B. O Figueirense foi a São Paulo, no Estádio do Canindé, e conquistou os 3 primeiros pontos fora de  casa.

Não pude assistir a partida. Viajei para o Vale do Itajaí e só tive a chance de ouvir pelo raidinho via Internet. Pelo o que ouvi, o Figueirense foi melhor em campo num geral, teve mais chances de gol, um volume maior de jogo e mereceu a vitória, ainda mais pelo que jogou na etapa final. O Figueirense peca nos passes errados, principalmente o último, no decisivo. Além disse, precisa calibrar um pouco mais a pontaria e ter mais tranquilidade nas finalizações. Foram no mínimo duas oportunidades claras de ampliar o placar que não foram convertidas. O gol saiu após a falha de Augusto Recife e Roberto Firmino, o menino da base, demonstrando oportunismo e inteligência ,tirou o bom goleiro Luiz do lance guardando a bola no fundo das redes.

Apesar de um primeiro tempo morno e uma quantidade grande de passes errados no jogo todo, nenhum desses erros ofuscam a bela vitória que conseguimos fora de casa. O alvinegro possui um bom time, com muita qualidade. O que falta é qualificar o elenco. O grupo de jogadores possui algumas limitações. Todo mundo sabe. E não falta muito para deixar esse elenco forte e competitivo. Acredito que quatro bons reforços sejam necessários para que possamos figurar entre os primeiros com tranquilidade e de forma sólida durante o campeonato todo. 

Hoje o comentário pós-jogo será breve pelo fato não ter assistido a partida. A vitória em São Paulo nos deixa uma mensagem importante: sexta-feira é dia de lotar o Orlando Scarpelli. É dia de fazer festa, de empurrar e incentivar o Furacão. É dia de ver o Figueira jogar.

06 maio 2010

Novidade no blog em breve

Para quem observou, o blog está diferente.
Não, não fiz nenhuma alteração.
Inexplicavemente, as cores do blog foram modificadas. Os links dos comentários e dos textos, agora são azuis.
Tentei arrumar esse horrendo e grotesco erro de diversas formas mas não teve jeito. Não consegui corrigir esse bug terrível. Não sei como apareceu e muito menos por que não saiu.
É óbvio que não vou querer ver azul neste espaço. Nem eu e nem o torcedor que sempre acompanha o blog. Por isso, muito em breve, será feito um novo layout para o espaço. Está quase pronto. Em pouco tempo o Canto do Figueira vai estar de cara nova!
Aguardem!

Vão vaiar o garoto agora?

Mesmo estando muito ocupado e com pouquíssimo tempo para postar neste espaço, no fim do dia, sempre faço a varredura nos blogs alvinegros e no site do Figueira para saber das novidades e ficar por dentro do que acontece com nosso clube.
E assim aconteceu hoje. Fui ler o post do Meu Figueira sobre os novos mascotes. No texto, há um link para o blog do Roberto Luiz, explicando por que a águia será incluida na votação.
Após ler, resolvi dar uma explorada no vasto e interessante conteudo do blog. Sem querer e sem nenhuma pretensão, olha quem eu encontro no post "CELEIRO DE CRAQUES: o Figueirense sempre primou por formar bons jogadores nas categorias inferiores":


É bem esse jogador que você está pensando! O próprio! O novo queridinho, xodó e "revelação" do banguela veio da base alvinegra. Aliás, não é o primeiro. No atual elenco azuleijento, Rudinei e Roberto também  atravessaram a ponte e se bandiaram para o pequeno lado azul da cidade.
O que mais impressiona é que ninguém (pelo menos que eu tenha conhecimento) divulgou esse fato.
Thiessen, que realmente é um bom jogador, precisa tomar cuidado agora. Para turminha do lado de lá ecoar um ventinho sul caracteristisco (Rudinei que o diga) no primeiro passe errado que der, não custará nada.Vão pegar no pé do rapaz agora por isso?
Isso só prova a qualidade e o bom trabalho realizado nas categorias de base do Figueirense. Realmente, um celeiro craques. Mais uma cria nossa fazendo sucesso fora do Scarpelli.  Inclusive exportando ídolos para o maior ríval, não é galego?!

28 abril 2010

Resumo dos últimos dias


Semanada de estudos extensa, complicada, atarefada e tumultuada. Por esses motivos o blog ficou um pouquinho de lado. E para começar a  voltar a normalidade neste espaço, irei comentar,em tópicos, alguns assuntos que marcaram e agitaram nesses últimos dias os bastidores do mais querido de Santa Catarina.

PARCERIAS E CONTRATOS
Parcerias com o São Paulo F.C. e ampliação de contratos com a AMBEV, Taschibra, Gatorade entre outros. A nova diretoria está se mexendo para que o Figueirense tenha um bom suporte para realizar um grande série B e conquistar o objetivo do ano: o regresso à elite do futebol brasileiro. O que ainda falta é a direção vir a público e explicar a todos, com mais clareza e detalhamento, o que de fato realmente irá acontecer: valores, projetos, planos, metas, etc. Porém, ainda não há motivos para fazer alardes. ou questionar a demora para explicações Foi pedido um prazo de 30 dias e aparentemente, ao que tudo indica, será cumprido dentro da data estipulada.
Falando ainda de dinheiro e investimentos, o Figueira vai ganhar  neste ano R$ 800.000,00 para disputar a série B além de outros benefícios. Antes o valor girava próximo de  R$ 600.000,00.

REFORÇOS
O Figueirense anunciou dois reforços para a série B: o lateral direito Bruno ( finalmente um reserva para Lucas!) e o zagueiro Jorge Felipe. Particularmente, não conheço nenhum dos dois. Mas pelo que pude apuarar, Jorge é canhoto e tem caracteristicas de zagueirão mesmo. Bruno é muito agil e veloz, o que o torna bastante ofensivo.
Resta aguardar e conferir a qualidade dos contratados. 
Sejam bem vindos ao Figueira!

ESPECULAÇÕES
 Segundo o site Infoesporte, o zagueiro campeão mundial de clubes pelo Internacional Ediglê é um dos nomes que estão sendo analisados para reforçar o elenco alvinegro. No blog Rittblog, rola uma suposta lista de empréstimos de jogadores do São Paulo. E o destino de alguns atletas, devido a parceria, seria o Figueirense. Alguns nomes já estariam acertados, como o volante Bruno Formigoni e o atacante Ronielle. Há outros que estão em fase de negociação:

Leonardo – Goleiro ( tem nome de craque!)
Everson – Goleiro
David – Lateral direito
Saavareda - Zagueiro
Léo Gonçalves - Meia (outro com nome de craque!)
Rafael Tavares  - Meia
Eric - Atacante

O único nome que me agrada da lista, até pelo fato de ser o único que conheço ou lembro, é o de Ronielle. O garoto fez uma grande Copinha neste ano pela equipe paulistana. Se não me falha a memória, fez um golaço na final. Penso que o Figueirense deveria investir em gente com mais experiência, já que isso pesa e muito no tipo e no estilo de competição que disputaremos. Obviamente é indispensável que haja um bom número de jovens, dando mais mobilidade e velocidade ao time. Não estou corneteando nenhum dos que já vieram e dos que possívelmente virão, muito menos  expondo uma fórmula  infalível de conquistar o sucesso. na série B. Apenas acredito que para se ter uma eqiuipe competitiva num campeonato como este, é preciso que se tenha uma homogeneidade no elenco neste aspecto. Mesmo tendo Jeovânio, Bilú e Fernandes, o Figueirense sentiu consideravelmente essa falta de experiência em momentos decisivos no estudal, o que de certa forma, nos custou a briga pelo16º título estadual.

18 abril 2010

Orgulho de ser FIGUEIRENSE !!!


Amigos alvinegros,

A cada dia que passa, sinto que tomei a decisão certa (mesmo ainda quando muito criança) por ter escolhido o Figueirense Futebol Clube como meu time de coração. Não pelo fato de torcer para o time mais vezes campeão estadual, de torcer para o clube catarinense que mais vezes disputou a primeira divisão do futebol nacional, por ser do time que venceu o maior número de clássicos, por ser do único clube da capital a ter disputado uma final de Copa do Brasil, por ver as nossas crias, como André Santos e Filipe, vestirem a  amarelinha, entre tantos outros feitos.

Tenho muito orgulho em torcer para um time que tem uma torcida fiel e apaixonada. Uma torcida de trabalhadores, onde a maioria acorda antes do sol nascer a semana inteira, e mesmo assim, prefere trocar seu precioso e merecido tempo de descanso para levantar sábado de manhã cedo e ir assitir a um simples rachão no Scarpelli. Orgulho de ver essa mesma torcida, argumentar o que poderia ter sido feito melhor para ganhar o jogo que passou, onde que o time pecou, o que faltou, quem deveria ter sido escalado ou substituido, e não ficar atribuindo a culpa de fracassos na arbitragem.  Orgulho em ver um time de jovens jogadores, que mesmo sob muitas críticas e desconfiaças, conseguiram dar a volta por cima e apresentar um futebol alegre e de qualidade, ainda que houvessem limitações no elenco.

Orgulho em poder dizer um dia para meus filhos e netos, que tive o prazer e o privilégio de ver jogar o maior artilheiro da história do Figueirense, um verdadeiro ídolo dentro e fora das quatro linhas. Um jogador de caráter ímpar, que não ofende e nem provoca ninguém, que conquistou vários títulos pelo clube e que nunca pipocou em jogo contra o maior rival, assim como vemos em outras equipes.Posso estufar o peito e me sentir orgulhoso em ver que os adversários tremem ao ver o Figueirense diante de seus olhos, mesmo quando se encontra fragilizado e vivendo um momento turbulento. 

Sobre o jogo, tivemos uma boa apresentação. Não recuamos em nenhum instante. Até no momento em que estavamos em vantagem no placar, o objetivo sempre foi atacar. Faltou muito pouco, muito pouco para chegarmos na final. Não vou me prender ao lance do pênalti que não existiu. O Figueirense perdeu chances de gol após ter feito o primeiro ainda na etapa inicial e no começo do segundo tempo, ainda quando vencia. Isso sem dizer nas demais situações no decorrer da partida. É isso que devemos  "lamentar". O que me deixa com muito orgulho é ver que adversário, em casa, se trancou todo com medo. Sim, isso mesmo, a palavra é medo. Deixou de jogar em seu domínio para tentar bloquear o Figueira. Colocaram uma gentarada caneluda no meio campo para evitar que a garotada jogasse. Porém, quando a rapaziada fazia aquelas tabelinhas rápidas ou dribles desconcertantes, era um Deus nos acuda. E dalhe botinada! Mesmo na série B e com um mundo de problemas, o Figueirense ainda é respeitado e temido por todos.

Não vou escrever aquela frase valeu Figueira! Isso pra mim soa como um consolo, uma passada de mão na cabeça, um ah, que pena! Vou dar parabéns ao jogadores, que se empenharam, vestiram a camisa, compraram a idéia, jogaram com vontade, superaram limitações, críticas e conseguiram produzir algo que levou a torcida a acreditar no desacreditado. Parabéns ao time no clássico que, na maior parte da partida, ditou o ritmo de jogo, não se acovardou e foi pra cima. Parabéns ao nosso treinador Márcio Goiano, que deu uma cara ao time, um padrão de jogo, conseguiu enxergar e extrair o melhor de cada um para montar um esquema eficiente e que deu certo.

No fundo, foi até bom o empate. Pelo menos assim, não teremos casos de torcedores com mão decepada, machucados, agredidos ou mortos.

Parabéns !!! Tenho orgulho de ser FIGUEIRENSE !!!

*Foto: site Infoesporte

10 abril 2010

Amanhã é dia de lotar o Caldeirão

Como os frequentadores do blog puderam perceber, após a goleada sobre o Criciuma não teve o tradicional post pós-jogo.  O motivo: a chuva. Aquela chuva no intervalo do jogo de quarta não perdoou nem quem fica no setor A. Aliado a um clima um pouco mais frio, bermuda e camiseta, só poderia resultar num resfriado enjoado que deixou este blogueiro de "molho". Eita!
Agora recuperado desse pequeno contratempo, o blog volta ao funcionamento normalmente
O jogo  no primeiro tempo foi um pouco sonolento, com uma retranca muito forte do time do sul do estado. Mas água mole em pedra dura, a sacola veio ao natural. Destaque para R.Firmino, Juninho e o artilheiro-novo xodó-matador Willian
Amanhã é dia de mais uma batalha complicadíssima. O Figueirense pega o Joinville na briga pela vaga na final do returno. Engana-se quem pensa que o JEC vem para passear em Florianópolis. Mesmo estando garantido para a grande final, o time do norte catarinense vem com força máxima e não está muito disposto de facilitar as coisas para o alvinegro. Porém, temos totais condições de vencer, e vencer bem o clássico desse domingo. Aliás, ao meu ver, o Figueirense fez a sua melhor partida deste ano contra o mesmo Joinville no Scarpelli. Deu um banho de bola. A vitória de três a zero só não foi mais gorda porque o alvinegro perdeu um caminhão de gols, sem goleiro, inclusive.
Temos que respeitar o adversário, não podemos entrar no clima de já ganhou, motivados pela ânsia de disputar mais um clássico. E a melhor forma de respeitar o adversário é partindo pra cima, encurralando o JEC na defesa e marcando gols, muitos gols.
Amanhã é dia de empurrar o time para final. A movimentação é grande e a promessa é de que haja um bom público no Scarpelli. Está programado para amanhã às 13 horas, em frente ao Koxixo's, uma carreata rumo ao Orlando Scarpelli. Aos poucos, o Figueirense está voltando a ser o Figueirense, o clube do povo. 
Amanhã é dia do caldeirão ferver. É dia de fazer festa. É dia de lotar o Scarpelli.

Observações

O Real Madri do Carianos levou um sufoco danado para passar pelo Brusque, quase que fica pelo caminho. O melhor time do mundo conseguiu uma vitória apertada pela diferença mínima de gols, jogando com um jogador a mais a segunda etapa toda praticamente.

Depoiso chororô do último clássico, o banguela cometeu penaltis claros que não foram assinalados pela arbitragem. Foi um contra o JEC, um contra o Atlético-IB, dois contra o Metropolitano e um no jogo de hoje. No mínimo, um dado curioso. Interessante é que ninguém repercute nada sobre isso na imprensa.

Ce$ar Prate$ certamente receberá aquela tradicional homenagem calorosa no jogo de amanhã. Só de pensar chego a me emocionar, assim como ele em 2008.

07 abril 2010

A justiça foi feita ! É bom deixar isso bem claro!

A justiça foi feita, amigos alvinegros!

Seria um injustiça punir o banguela por arremessar um foguete em campo e quase ferir alguém. Ah, ele não foi arremessado! Sem querer, quem o segurava na hora do acidente estava rezando e quando foi fazer o sinal da cruz, ele escorrega da mão e cai no campo. Se uma perna ou uma  mão fosse decepada, como já aconteceu em Criciuma também acidentalmente, não seria nenhum caso absurdo. Perdeu uma? Tem outra! Pra que ter duplo? É bom deixar isso bem claro.

E se esse artefato matasse um indivíduo? Ora, ele poderia ser um descendente do Highlander ou do Chuky Norris, logo não morreria.É bom deixar isso bem claro.

Outra fato absolutamente normal é agredir um policial. Os profissionais que estão ali para garantir a ordem e a paz no local costumam sempre a encrencar em momentos como esse. Atrapalham e ainda reclamam. É bom deixar isso bem claro.

Jogador e treinador xingar o árbitro? Quem não fala palavrão que atire o primeiro foguete pedra!? Ainda mais num estádio! O que tem de mais falar uma bobaginha pro  homem do apito? Que gente enjoada né ooo! É bom deixar isso bem claro.

Seria uma injustiça tirar o mando de campo do banguela por arremessar outros objetos em campo, como copos, sapatos, guarda-chuva, etc. Ninguém entende que foi um ato de solidariedade  da torcida com Luis Orlando de Souza ?! Vai que árbitro esteja passando por uma situação financeira complicada? Reparem nos itens arremessados. Ajudar o próximo, lembram? Como tem pessoas que não compreendem isso.  É bom deixar isso bem claro.

Gandula agredir jogador do time adversário? Quem disse que gandula não participa do jogo? Ainda mais quando é de um clube já reincidente? E também estavam com a razão. É um absurdo o time visitante comemorar um gol. Tinham mais é que sentar o sarrafo mesmo! É bom deixar isso bem claro.

Nem tudo foram flores no jugalmento desta noite, amigos. Não houve justiça por completo. Fizeram vistas grossas para alguns acontecimentos. Foi um absurdo ver que o Jeovânio não foi punido por comemorar um gol. Comemorou e beijou o brasão do Figueira ainda por cima! Que ultraje! Onde vamos parar com atitudes como essa?! Saiu barato para o Figueirense também.  O clube deveria perder, no mínimo, uns 10 mandos de campo. Onde já se viu um clube marcar um gol aos 49 minutos do segundo tempo na casa do adversário e empatar a partida? Tá tudo errado! E os valores morais, como ficam? E ainda tiveram a coragem de multar o clube azuleijento em R$ 5 mil pelas bobagenzinhas que aconteceram. É bom deixar isso bem claro.

Ficou nítido constatar que realmente há um complô, uma enorme conspiração querendo derrubar o leão banguela. A operação boticão tem a participação de Delfim, Dário, Luiz Henrique, Lula, Bin Ladden, Hugo Chavez, Fidel Castro e Barak Obama, coordenados pela imprensa da capital, que ao invés de comentar os lances do jogo, analisar o futebol apresentado pelas equipes e questionar por que não foram marcados dois penaltis a favor do Figueirense, preferiram botar panos quentes na situação e colcar a culpa de tudo em cima do perigoso Luis Orlando de Souza. Fica evidente tamanha proteção que o Figueirense recebe dos veículos de comunicação de Florianópolis. Isso é digno de uma nota de repúdio! É bom deixar isso bem claro.

E para finalizar, lances duvidosos agora,  sempre favorecem ao banguela. Já notaram que nos dois últimos jogos, dois penaltis claros não foram marcados para os adversários? Vamos combinar: nada mais mais justo para um time que sofre tantas injustiças. É bom deixar isso bem claro.



05 abril 2010

Chapecoense 0 x 0 Figueirense - Como o alvinegro gosta de se complicar sozinho...

Ontem assiti apenas os 30 minutos finais do jogo entre Figueirense e Chapecoense. Por isso não posso fazer uma análise detalhada da partida, mas pelo pouco que vi e pelo que já li nos blogs, pode-se dizer que o Figueirense conseguiu um empate com um sabor amargo. É claro que um ponto ganho fora de casa é sempre bem vindo. Porém, pelas circunstâncias do jogo de ontem e da situação do campeonato, pela fragilidade do time do oeste, pelo volume de jogo alvinegro, pelos resultados das outras partidas e pelas chances inacreditávelmente desperdiçadas por puro preciosismo e um pouco de egoísmo, o resultado não foi bom, no geral, para o Furacão.

Faltou calibrar a pontaria, já que a trave não queria ajuadar. Faltou tranquilidade na finalização. E o que dizer de Jean Carioca? O mo quurido...aí fica difícil né ooo!!! Mesmo com o retorno de Bilú ao time, o  meio  sentiu a falta de um armador, sentiu falta daquele passe um pouco mais preciso e decisivo até o ataque, já que Maicon e Firmino desfalcararam ao time.

Longe de mim cornetear. Afinal, estamos classificados para o quadrangular final (só se uma aberração acontecer para ficarmos de fora), fizemos um jogo, de certa forma, tranquilo fora de casa e não tomamos gols. Mas foram pontos que o Figueirense poderia ter somado na conta, ter mantido a liderança do returno e continuar seguindo firme em busca pela primeira colocação geral. Nada deu certo. E o que deixa o torcedor um pouco "chateado" é ver que o Figueira continua tropeçando nos seus prórpios pés, não consegue tirar proveito de momentos adversos que vivem algumas equipes.

A liderança do returno ainda é algo palpável. A próxima rodada promete esquentar, já que tem muita gente brigando por duas vagas no quadrangular final. Chapecoense faz parte do passado. Agora é focar contra o Criciuma, quarta-feira no Scarpelli, e dar aquela secadinha em Blumenau para voltarmos ao topo da tabela.. 

28 março 2010

Figueirense 5 x 0 Juventus - Sem fazer força

Se tivesse apertado, oito a zero não seria nenhum resultado absurdo. O Figueira, sem fazer esforço, empurrou cinco em cima do combalido Juventus. A equipe de Jaraguá do Sul no próximo ano disputará a segundona do estadual.

Ficou nítido constatar que o Figueirense se resguardou na partida. Evitaram um desgaste físico maior. O time só cercava, dando corda para o adversário se enforcar. E não precisava mais que isso também. O moleque atrevido, que de atrevido não teve nada, foi presa fácil para a molecada alvinegra deitar e rolar

Willian caiu nas graças do torcedor. Faz por merecer. O garoto é valente, brigador, não tem bola perdida, sempre procurando jogo, muita velocidade e se posiciona muito bem. É o vice-artilheiro do Catarinense com  11 gols anotados

Junior Negrão desencantou. Assim como Willian, marcou duas vezes. Tomara que estes dois tentos sirvam de incentivo para que Negrão volte a manter a regularidade e deixar o torcedor convecido de que o jogador é uma peça importante para o time

Um atleta merece uma menção,tardia é verdade, neste espaço: Juninho. Confesso que sempre tive um pé atrás com ele. Pensei que nunca fosse vingar. Mas felizmente queimou minha língua. Juninho vem crescendo muito a cada jogo. Joga sério o tempo todo, é muito dedicado e aplicado. É o típico jogador que joga para o time. É bonito de ver as tabelas e os passes do garoto. Que siga sempre assim.

E pra fechar a noite com chave de ouro, o petardo de falta que nosso ídolo Wilson mandou para selar mais um massacre alvinegro. Sensacional! Que paulada! Joga muito!

Vamos dormir lider. Para amanhã, a missão é dar aquela secadinha de leve nos adversários e manter a primeira posição. Basta um empate do Zimba e do Banguela para continuarmos na ponta da tabela.

25 março 2010

Sugestão

Não existe no mundo, muito menos no Brasil, imagina em Santa Catarina, um árbitro gabaritado para apitar jogos do time azuleijento.
Ou é fraco, ou pertence a um grupo extremista que visa apenas derrubar o todo poderoso leão banguela.
Sensibilizado com o sofrimento azulino, pensei em alguém de fora mesmo, de outra galáxia quem sabe.
Que tal um E.T?

Co-irmão 1 x 1 Figueirense - Rimos melhor!

Tem horas que me pergunto: será que minha análise do jogo é feita mais com a emoção do que com a razão? Será que deixo o coração falar mais alto? Hoje tenho a convicção que não.

O Figueirense, pelo conjunto da obra, foi melhor no clássico de ontem indiscutivelmente. Desde o início do primeiro tempo o alvinegro partiu pra cima, não se intimidou, teve maior volume de jogo, criou mais chances de gol e jogadas perigosas. Já na segunda etapa, o co-irmão foi melhor nos 10 minutos iniciais, tanto que fez um gol numa falha (pra variar) grotesca do sistema defensivo alvinegro. O Figueirense sentiu o golpe, tentou voltar para o jogo e se lançou ao ataque de forma desorganizada e afobada, mas nunca deixou de lutar, de buscar o gol. Tanto fez que conseguiu o empate, na raça, com sabor de vitória já no apagar das luzes.

Nem de longe algo parecido com que escrevi acima foi dito hoje pela imprensa da capital (seja TV, rádio, jornais). Só focaram em Luis Orlando de Souza, no escanteio-tiro de meta, nos acréscimos, na possível expulsão do Jeovânio. Indiretamente, menosprezaram tudo o que alvinegro fez e conquistou dentro da partida. Ao invés de ficar batendo nestas teclas, por que não falaram dos dois pênaltis não marcados para o Figueirense? Por que não questionaram a capacidade do elenco do time azul que não conseguiu segurar a vitória? Por que não comentaramm que o meio do Figueirense, quando ainda contava com Juninho, era muito mais eficiente e perigoso do que o meio adversário?  Por que não elogiram a boa estréia de Ygor, improvisado como zagueiro? Por que pisam em ovos quando discutem sobre os objetos e foguete arremessados em campo? Sem falar nas agressões cometidas por pessoas de dentro do clube sobre os jogadores alvinegros? Ah, agora a comemoração do gol alvinegro foi provocativa? Lucas e Jeovânio se excederam ao beijar e mostrar o emblema do clube para a torcida rival. E a tal história do créu no Scarpelli? E o que o Bebeto fez em seguuida? Não houveram reclamações ou questionamentos. Daí tá tudo dentro da normalidade? Provocativo? De forma alguma! "Faz parte" do futebol! Se calaram e ainda acham graça! Enquanto a imprensa passa a mão na cabeça do time azul, tentam apagar o incêndio do Figueirense com gasolina. IMPARCIALIDADE é o lema!

Que a arbitragem de Santa Catarina é pífia, nem questiono. Agora não dá pra creditar a culpa de todos os fracassos que um clube sofre em cima do trio de árbitros. O leão banguela possui um time limitadíssimo, comum no máximo, totalmente previsível, que não consegue ao menos bater o rival dentro de casa, isso porque temos um elenco limitado e repleto de carências, além de vivermos um momento finaceiro e institucional delicadíssimo. Afirmam que é tecnicamente melhor que todos os demais participantes do estadual, mas não conseguem passar pelo todo poderoso Imbituba, o temido Atlético-IB e o imbatível Juventus. Não conseguem segurar resultados de partidas importantes nos minutos finais.

O mais hilário e curioso é escutar as quinhentas teorias conspiratórias contra o time do mangue. Se dizem tão injustiçados. Mas quando o juiz marca pênalti fora da área a seu favor ninguém diz nada. Será que o TJD vai punir o clube e os atletas pelas agressões e pelos incidentes do clássico? Vão interditar o estádio pelos acontecimentos, ainda mais se o time disputar as finais? Será que algum reporter vai ao mercado público perguntar a um torcedor alvinegro o que ele acha sobre os acontecimentos da última partida ou consultar um advogado para saber qual tipo de punição será aplicada, caso o clube seja condenado?

Enquanto uns choram, o Figueira segue embalado em busca da classificação para o quadrangular final. Sábado é dia de comparecer ao Scarpelli. Figueirense x Juventus às 20:30 horas.

e a tua força mostre no gramado...meu FIGUEIRENSE adorado!

Só termina quando acaba - parte II

Não aprendem nunca! Só termina quando acaba, time pipoqueiro, amarelão!!!

Alô defesa civil! Socorro urgente! O sul da ilha está alagado! E não é por causa das chuvas não! A turminha do lado de lá não para de chorar!!!

QUEBRA TUDO FIGUEIRA!!!

ps.: Logo mais o post sobre o jogo

23 março 2010

Parabéns Florianópolis - 284 anos


Parabéns Floripa! Um senhora de 284 anos que esbanja beleza e encanta quem passa por aqui.
Parabéns  a todos os manezinhos, e aos agregados também, por ajudarem a construir, a desenvolver e a conservar este pedaço do paraíso.
Realmente Florianópolis é um lugar sem igual. Só não é perfeita por causa daquele pedacinho azul que fica lá pelas bandas do sul da ilha.
Brincadeiras à parte, é um orgulho ser manezinho. É um orgulho fazer parte da história desta cidade tão maravilhosa.
Parabéns Florianópolis!

21 março 2010

Figueirense 3 X 0 Metropolitano - Ficou barato

Ontem poderia ter sido o dia da maior goleada do Catarinense deste ano. Os três gols marcados pelo Figueira não disseram o que foi a partida. Foi um verdeiro bombardeio aplicado em cima da defesa da equipe blumenauense.

Foi uma vitória convincente, sem dúvida. Inquestionavelmente o Figueira mandou no jogo, ditou o ritmo da partida, envolveu o adversário com passes rápidos e de primeira, além de muita velocidade.

A sacola só não foi maior graças ao bom goleiro João Paulo e a falta de pontaria do Figueirense. O alvinegro cansou de perder gols feitos.

Junior Negrão não esteve bem novamente. Perdeu algumas chances de gol. Acredito que ele deva merecer mais uma chance. Precisamos de um jogador de referência na área. Ficou devendo.

Maicon fez outra boa atuação com a camisa alvinegra. Foi decisivo no jogo. Anotou dois golaços. O segundo, na minha opinião, o mais bonito. O que falta ao meia é manter uma sequência de boas exibições.

Outro jogador que vem evoluindo muito a cada partida é Jeovânio. As últimas atuações do Pitbull foram destacadas. Vem crescendo muito a cada partida, lembrando os velho tempos.

Quem bom ver Wilson novamente defendendo a meta alvinegra. Foi pouco acionado, mas quando precisava, ele estava lá com a tranquilidade de sempre.

Esse cara tem estrela. Willian estava no lugar certo e na hora certa para guardar mais um na conta. É o vice-artilheiro da competição com 8 gols. Pecou apenas por ter tomado um cartão totalmente desnecessário;

Uma coisa que preocupa é ver como a dupla de zagueiros caiu assustadoramente de produção. João Filipe e Roger Carvalho não atravessam um bom momento. É preciso contratar um zagueiro xerifão para jogar ao lado e passar experiência a dupla. Não questiono a qualidade de João e Roger, porém pecam  em algumas situações por não jogarem de forma simples.

E a arbitragem? Assunto chato né?! A srta. Maíra Labes precisa consultar um oftalmologista. Até agora não consigo ver os dois impedimentos marcados por ela em que o Figueira ficara cara a cara com João Paulo. Não é apenas a auxiliar que precisa. Só a comissão de arbitragem não enxerga a baixa qualidade do quadro de árbitros de Santa Catarina. Aliás, não enxerga ou não quer ver?

Foi uma vitória para ir com moral ao clássico. Márcio Goiano parece ter encontrado o eixo que faltava ao time em campo. E é nessa linha de seriedade e concentração que o time precisa para não ser surpreendido no jogo de quarta. Toda atenção e cuidado será pouco.
Estamos nas cabeças, sim. Aos poucos, de grão em grão, o Figueirense vem dando o ar da graça neste estadual. E todos já sabem, ou pelo menos deveriam saber: Se deixar o Figueira chegar...

14 março 2010

Atlético-Ib 2 X 0 Figueirense - Regressão?

O que aconteceu com aquele time que deu um passeio no Joinville no fim de semana passado? Voltou a ser o Figueirense de Renê Weber? O Furacão foi a Ibirama e perdeu a invencibilidade de 39 dias com Márcio Goiano no comando. Um jogo repleto de falhas, infantilidades, afobação e com muita desorganização.

O Figueirense teve desde o início da partida maior volume de jogo, mais posse de bola, maior qualidade técnica (mesmo com toda a limitação do elenco alvinegro) e mesmo assim não conseguiu superar o adversário . O time de Ibirama venceu  pelas pataquadas da defesa alvinegra;

Márcio Goiano será obrigado a fazer um treinamento intensivo de bolas alçadas na área do Figueirense. Quando pinta um cruzamento é um Deus nos acuda sempre. A defesa neste tipo de jogada sempre fica mal postada. Parece ser crônico;

Tanto é que Junior Negrão estava no lugar errado, na hora errada. Por mais que o atacante volte para ajudar, não era ele quem deveria estar no momento do primeiro gol sofrido. Além de se atrapalhar com a bola, deu uma assitência para o jogador do Atlético abrir o placar;

Muitos já querem o pescoço de Negrão. Não pelo erro, mas pelo que apresentou. É bem verdade que ele contribuiu muito pouco, mas é preciso entender que ele está desde o clássico parado. Foi visível a falta de ritmo de jogo. Por isso, e só por isso, que ele ganha essa colher de chá;

Vi alguns torcedores se queixando da falta de vontade do time. Discordo. Vontade tinha. O problema era a displicência da defesa e a afobação do ataque. Quando atacava chegava atrapalhado, chutes de qualquer jeito e sempre errando o último toque antes da finalização. Aí fica complicado mesmo;

Não sei o que foi mais bizarro: a matada de bola e o passe de Coutinho ou a furada de João Filipe no segundo gol. O volante vinha jogando bem nos últimos jogos e hoje foi muito mal. O zagueiro fez sua pior exibição com a camisa alvinegra. A incosistência do defensor refletia no seu parceiro, Roger Caravalho, que também ficou muito abaixo do que sabe;

Sendo bem justo, ninguém jogou bem. Maicon foi discretíssimo. O homem de criação pouco contribuiu na armação. Willian, sozinho, não pode fazer nada, já que Junior Negrão não foi bem e Jean Carioca, posteriormente, pouco acrescentou. Firmino e Juninho também foram discretos. Lucas, ao meu ver, foi pouco acionado, o Figueirense insistia mais pela esquerda;

Foi até "bom" ter perdido agora. Márcio Goiano precisa corrigir (eu venho falando isso todo post) o posicionamento da defesa e trabalhar mais a saída de bola. O Figueirense erra  passes absurdamente infantis. O time precisa ficar com aquela compactação no meio como no jogo contra o Joinville. Digo que foi "bom" perder hoje, porque ainda temos um jogo antes do clássico para corrigir essa falta de atenção grave que assola, principalmente, a defesa alvinegra.

09 março 2010

Foi a gota d'água!

Para quem percebeu, os últimos posts do blog foram praticamente de assuntos relacionados ao Figueirense em campo, (quase) nada de bastidores. Estou aguardando uma posição definitiva sobre o novo modelo de gestão do clube para poder opiniar. Fica difícil fazer um parecer neste momento, pois a cada dia surgem inúmeras notícias, uma diferente da outra, e ninguém (torcida e imprensa) sabe ao certo o que realmente vai acontecer com o futuro do alvinegro. Aliás, uma fato temos conhecimento, sim. E foi descoberto ao "acaso".
E este fato, concreto, foi exposto ao público graças ao torcedor Sandro, que por desconhecidos motivos resolveu checar o BID da CBF,e descobrimos que algumas jovens estrelas foram vendidas por um valor irrizório. Um "crime" foi cometido ontem no Orlando Scarpelli.
Lucas, Roberto Firmino, Talhetti e mais 3 promessas tiveram seus contratos rescindidos com o Figueirense e agora serão atletas da Tombense - MG, clube de Eduardo Uram, dono da Brazil Soccer, parceira do clube.
O Figueirense irá receber míseros 4 milhoes de reais pela transferência dos atletas e terá os mesmos por empréstimo pelo menos até o final da temporada 2010.Trocando em miúdos, foi feito um "negócio da China": venderam os garotos à preço de banana, que retornarão ao clube por empréstimo, o clube pagará seus salários e ainda corre o risco de perdê-los para outro clube a qualquer momento, sem receber praticamente nada por isso.
Não acredito mais, sinceramente, em nada do que a Figueirense Participações ou de qualquer pessoa ou grupo aliado a atual gestora promete. Prometeram um estádio novo que não saiu, prometeram a manutenção de atletas do elenco que não ficaram (ex.: Roger Bernardo), prometeram um novo modelo de gestão revolucionario que na verdade só visava lucros para os sócios da empresa. Não me surpreenderá se amanhã Lucas ou Firmíno forem anunciados  por um grande clube do país ou de fora.
É com muita tristeza que escrevo este post. Assim como a maioria, me sinto traído por confiar nessas pessoas durante todos esses anos, defender até o fim um grupo de gestão tão vitorioso como foi este, que ergueu um clube com enromes dificuldades financeiras e o fez atingir metas antes nunca sonhadas nem pelo mais otimista. E por defendê-los, sempre fui muito criticado mas sempre mantive minha posição até o último golpe baixo. Com os últimos  fatos, iniciados em  meados do anos passado, não dá mais para apoiar quem quer ver o Figueirense Futebol Clube em segundo plano.  O resto de confiança e consideração que tinha por eles desapareceu. Pra mim, foi a gota d'água. Enfim, é um misto de frustração com indignação.
Lamentável ver quem foi responsável pelo um período tão vitorioso do clube sair pela porta dos fundos perante a torcida. Parece que procuraram isto. Fizeram por merecer.

Chega! É preciso dar um basta! FORA SUGADORES!

07 março 2010

Figueirense 3 x 0 Joinville - Vitória convincente

Ontem o Figueirense despachou a equipe do Joinville com autoridade em pleno Scarpelli jogando um futebol muito convincente. Com um sistema defensivo muito bem compactado, principalmente no meio, o Figueira  não deixou o time da Manchester catarinense jogar e a molecada alvinegra mostrou (para desespero de muitos) que o Furacão não está para brincadeiras neste returno e pede passagem, mesmo com todas as dificuldades e adversidades existentes.

Jogo em tópicos


  • Assim que começou a partida, o Figueirense já mostrava sinais de que o Joinville teria muito trabalho para segurá-lo. Se impôs e determinou o ritmo do jogo. Com a lesão do bom volante Carlinhos Santos, o Figueirense dominou o meio campo com mais facilidade;

  • Lucas e Roberto Firmino estão jogando o fino da bola. A cada partida os dois garotos vem envoluindo de forma impressionante. Prova disto é que a dupla foi responsável por todos os gols desta partida. Será uma injustiça se Lucas não for o melhor lateral direito do campeonato. Fez um golaço de craque, de quem sabe jogar;

  • Firmino tem tudo para ser a revelação do estadual. É extremamente habilidoso, tem um chute forte e é muito inteligente jogando. O meia só tem um problema: precisa ser mais objetivo, há momentos em que ele se excede nos dribles e acaba prejudicando o time em alguns lances. Tem horas que fazer o simples é mais bonito e eficaz. É um diamante bruto. Vai dar muitas alegrias ao torcedor ainda;

  • Mesmo Firmino e Lucas acabando com o jogo, penso que Jeovânio foi o melhor em campo. Fez um partidaço. Lima não viu a cor da bola. O pitbull  esteve impecável na marcação. Será que o o velho Jeovânio voltou? Esperamos que sim. Sua atuação deveria ter sido coroada com o gol que perdeu no finalzinho;

  • Coutinho foi outro que me agradou bastante ontem. Jogou sério, de forma simples e objetiva. Marcou bem e quando partia para o ataque distribuia bons passes. Também vem subindo de produção. Está queimando minha língua. Que continue assim;

  • Agora, aqui fica o meu prote$to: $inceramente, não entendo qual motivo leva o torcedor a vaiar de forma tão $evera o no$$o "querido" Cé$ar Prate$. Que inju$tiça pe$$oal! Ele chorou e tudo no título e$tadual de 2008, já e$quceram?

  • Deixando a ironia de lado, Willian também jogou muito bem. Não fez gol é verdade, mas deu um lindo passe para o primeiro gol, participou da pintura que foi a jogada do terceiro, busca o jogo e sempre, não se omite e  atormenta a vida dos zagueiros adversários. Precisa de um parceiro melhor de ataque;

  • Porque jogar ao lado de Douglas é complicado. A falta de vontande do atacante alvinergo era algo assustador. Totalmente desatento e alienado do jogo. Teve muitas oportunidades e apresentou muito pouco. Tá na hora de fazer as malas;

  • E o gol que o Marquinho perdeu...sem goleiro.... o mô quirido....assim não dá né ooo;

  • Márcio Goiano parece ter conseguido acertar o time, mesmo com todas as limitações de elenco. O time tem outra postura com ex-capitão no comando. Peca em detalhes mas acerta mais do que erra. Faz um excelente trabalho até o momento;
Voltei do Orlando Scarpelli feliz. Não apenas pela vitória, mas por ter visto um futebol de qualidade, de toques de primeira, passes precisos, marcação eficiente, jogadas de efeito, muitos gols, alegria, além de muita garra e disposição. Enfim, uma verdadeira partida de futebol. Uma vitória com V maiúsculo, para mostrar que não estamos mortos. Uma vitória para impor respeito, sentimento este que havia sido deixado de lado pelos adversários. Uma vitória do Figueirense Futebol Clube, o clube mais vezes campeão de Santa Catarina.

E que venha o Atlético-IB!!!

05 março 2010

De volta - parte II

Após uma parada forçada, o blog volta a funcionar ( mesmo com posts curtinhos).
As duas últimas semanas foram corridas para mim. Aula, estágio, compromissos e afazeres, acabaram "impedindo" os posts do blog.
Porém, mesmo não tendo comentado as duas últimas partidas (Imbituba e Brusque), o Figueirense não mudou muita coisa em campo em relação ao turno do estadual: muita garra, muita velocidade, lampejos de um futebol de qualidade com toques rápidos e uma sequência absurda de falta de atenção principalmente no setor defensivo.
Amanhã é contra o Joinville. É dia de ir ao Scarpelli, mesmo se for com o toró que caiu quarta-feira. É hora de empurrar o time para o quadrangular final.

21 fevereiro 2010

O novo hit do sul da ilha!


A Leão Banguela Records orgulhosamente apresenta o hit do momento:

AMARELEITION!

Bem amarelinha, diretamente do sul da ilha!



Vai uma aí?

É...

...não deu!

Apenas corrigindo o que foi cantado em Joinville:

ÔÔÔÔÔÔÔÔ...O GODÓI VOLTOU !!! O GODÓI VOLTOU !!! O GODÓI VOLTOU....ÔÔÔÔÔÔÔÔ !!!

20 fevereiro 2010

Curtas, Fatos, Curiosidades, Para não deixar passar batido, ou seja, de tudo um pouco!

Não posso deixar de comentar: Acompanhei pelo velho e querido raidinho a última partida do Figueirense, contra o Criciuma pelo estadual. Gostei do que ouvi. Aos poucos, o Figueirense vai criando jeito de um time de futebol. Ainda está longe do ideal, mas vem evoluindo muito bem a cada jogo. Uma vitória importantíssima, fora de casa, de virada e contra um rival. Chega com força no returno. Ponto para Goiano e para os jogadores, que estão demonstrando vontade e empenho.

O Figueira venceu o jogo treino de hoje contra o time amador do Cerâmica Silveira por 3 a 0 no Estádio Alaor Silveira em Palhoça. Gols de Kadu, Felipe Canavan e Marquinho. Mas o destaque mesmo ficou por conta dos 3 mil torcedores que compareceram para ver o Figueira jogar.

Falando em torcia: Pegando um gancho do que o Máquina do Estreito publicou, o Figueirense fez um jogo treino, apenas com reservas e jumiores, em Palhoça, numa tarde ensolarada e escaldante de sábado e mesmo assim, 3 mil pessoas foram assistir. Aliás, o Figueira só não põe mais gente no estádio neste campeonato estadual que o Joinville, sempre lembrando que a cidade do norte catarinense é a mais populosa do estado. Isso porque o Furacão do Estreito está longe de viver seu melhor momento, o time principal é visto com desconfiança por todos, sem falar do atual e conturnado momento financeiro e admistrativo do clube. No jogo treino de hoje em Palhoça, a torcida alvinegra foi maior do que a de um certo time da Série A em alguns jogos quando está seus remendos domínios....
E tem gente que ainda insiste em discutir para ver quem é a maior e mais fiel torcida de Santa Catarina....

Ainda falando em torcida: Não tive como ir ao Alaor Silveira por compromissos particulares. Apenas conseguiria ver o fim do segundo tempo. Então decidi ir ao Arrancadão na passarela do samba. Curioso e interessante foi ver o narrador do evento questionar o público sobre a preferência dos times de futebol  de Florianópolis. Quando perguntado sobre o time do sul da ilha, uma considerável vaia calou qualquer tipo de manifestação positiva para o time azuleijento. Dito isto, não preciso mais terminar o resto deste tópico.

Não entendo o motivo da torcida azuleijenta dizer a asneira de que o Orlando Scapelli é remendado. Então o que dizer das obras de ampliação do Mosquitão? Como denominar o que está sendo feito? Puxadinho? Meia água? Isso sim, é um r - e - m - e - n - d - ã - o!

Continuo não entendendo o motivo de dizer que o jogo contra o Atlético-Ib seria a vingança do time do mangue, como se os comandados de Gelson Silva tivessem cometido alguma injustiça em vencer um jogo na Baixada. Agora pensem comigo: Se eles estavam com tanta sede de vingar a "surra" tomada em Ibirama, imaginem como está o sentimento dos joinvillenses?!

11 fevereiro 2010

Figueirense 4 x 3 Chapecoense - Vaga-lume

Numa noite de temperatura um pouco mais agradável, o Figueirense quase se complica diante da Chapecoense em pleno Orlando Scapelli. Um jogo marcado por altos e baixos do time alvinegro. Porém, mesmo com um time sem muita regularidade, O Figueira fez valer o mando de campo e somou mais 3 pontos na competição.

Com lesão de Jean Carioca, quem acabou entrando em seu lugar foi Roberto Firmino, que acabou fazendo uma boa partida. O Figueirense jogou no 3-6-1. Particularmente, não gosto deste esquema. Por mais que hajam dois meias ou dois alas que flutem na frente, jogar com um atacante, ainda mais em casa, é muito pouco, o time fica muito restrito ofensivamente. Há momentos em que o único homem de frente não tem com quem iniciar um tabela rápida, por exemplo;

Márcio Goiano tem que soltar mais o time. Há momentos em que os volantes ficam engessados no meio. Jogando com três zagueiros e dois volantes é preciso dar um pouco mais de liberdade aos alas também, principalmente a João Paulo que é muito pouco acionado;

Não entendo como os zagueiros batem tanto cabeça. O trio anda muito desligado. Como já disse anteriormente, falta um pouco mais de concentração e atenção. Mas acredito que o maior problema não seja zaga. A marcação do meio incluindo os alas, no meu ponto de vista, é muito branda, não é forte e sempre sobram espaços para o adversário jogar, o que acaba sobrecarregando a defesa. Essa cobertura tem que ser revista;

O Figueirense tem um time vaga-lume: Em determinados períodos do jogo, não deixa o adversário respirar. Joga rápido, com um toque de bola bem trabalhado e envolvente. Há momentos em que um branco total ataca o time. Um show de passes errados, a defesa se atrapalha toda e nada funciona direito. Um pouco dessa falta de regularidade e grande inconsistência , mesmo tendo um elenco com muitas limitãções, pode ser amenizada;

Maicon me tira do sério. O camisa dez tem habilidade, tem visão de jogo, mas parece não ter vontade de jogar além de não ter muita objetividade. Sempre dá um toque a mais na bola e as vezes atrasa o lance por enfeitar demais. Quando ele quer jogar, faz boas jogadas e cria grandes oportunidades de gol. O problema é ele manter essa vontade com regularidade;

Willian é a grande revelação do time até o momento. O garoto tem personaliade e faro de gol. A cada jogo ele deixa sua marca. No jogo de ontem, marcou mais um golaço;

E a paradinha de João Filipe no pênalti, heim? Desse um banho mo quirido!

E a arbitragem....chega a ser chato falar todo post pós-jogo dos homens do apito. Mas é algo impossível de não ser comentado. Todos os pênaltis e cartões vermelhos anotados foram aplicados de forma correta. Mas o critério de marcação faltas e distribuição de amarelos é o que vem pegando. A falta de qualidade e corência é tanta, que no primeiro tempo, num lance de escanteio para o Figueira, Kadu estava atrás do zagueiro do time do Oeste, o juizão deu falta do zagueiro alvinegro, sinalizando que ele teria dado uma cotovelada no adversário. A minha pergunta é: como? Como Kadu atingiria o oponente se ele estava atrás e com uma certa distância do adversário ao ponto de atingi-lo com uma cotovelada? Ai ai...

Sábado é dia de cumprir tabela contra o Criciuma no Heriberto Hülse. Mesmo vencendo, o Figueira ficou fora da briga do título do turno, já que Metropolitano e Atlético-Ib vencenram seus compromissos.

Um grande abraço

10 fevereiro 2010

Curtinhas

Márcio Goiano -  A qualquer momento, o interino Márcio Goiano poderá ser efetivado como treinador do Figueirense. Penso que é uma boa. Goiano se identifica muito com o clube, é ídolo da torcida e vem fazendo um bom trabalho até o momento. Porém, acredito que seria mais interessante esperar até o fim do turno para efetivá-lo em definitivo, tendo assim um pouco mais de tempo para analisar a postura dele no comando, se realmente dará conta do recado e conseguirá suportar a pressão.

Jean Carioca de fora - O meia atacante acabou se machucando e está fora do confronto contra a Chapeconese. Alex Junio deve jogar ao lado de Willian.

A novela Marcelo Nicácio - Vem ou não vem? O jogador está com um problema nos tendões e o Atlético-MG, clube que detem os direitos do jogador, quer um bom dinheiro para emprestá-lo para o Figueira. Esses fatos estão atrapalhando a vinda do jogador. Será que vale o sacrifício?

Conselho Deliberativo x Figueirense Participações - Foi aberto um canal para conversas e negociações entre as partes com o intuito de resolver definitivamente o imbróglio todo. É lamentável que uma bela história de conquistas e vitórias tenha que terminar desta forma. É claro que foi necessário dizer não a FP pelo que foi apresentado. Tudo o que o torcedor quer é o melhor para o Figueirense, independente de quem for tocar o barco.

Você sabia? - Que há quase 9 meses o Figueirense conta com apenas 1 lateral direito de ofício? Assim não dá! Só temos Lucas na posição. Após a saída de Davidson em maio de 2009, os improvisados Anderson Pico, Anderson Luiz, Alê, Carlinhos, Roger Carvalho e João Filipe já atuaram na função iniciando ou no decorrer das partidas quando Lucas ficava impossibilitado de jogar, seja por lesão ou cartões. Há rumores que Bruno do Juventude esteja acertando com Figueira. É esperar para ver!

Hoje é dia - Hoje é dia de comparecer ao Scarpelli, mesmo com um horário horroroso. Figueirense x Chapecoense - 21:50.

08 fevereiro 2010

Juventus 1 x 4 Figueirense - Haja água para refrescar....

Numa torreira de lascar, o Figueirense foi ao João Marcatto em Jaraguá do Sul encarar o Juventus. O Figueira saiu na frente com um gol relâmpago de Jean Carioca. Parecia o anúncio de uma goleada. Mas o moleque atrevido tentou aprontar pra cima do alvinegro empatando o jogo ainda na etapa inicial. Porém na etapa final, o Figueirense na base da vontade, empurrou mais três gols (Willian, Bilú e Marquinho) e voltou para Florianópolis com os três pontos na bagagem.

Sofrível ver esse time do Juventus jogar. Não há nenhuma condição da equipe de Jaraguá do Sul disputar o fraco campeonato estadual, apenas se for para ser saco de pacadas da competição . Uma pena...

O Figueirense ainda precisa melhorar o posicionamento do sistema defensivo, além da falta de atenção dos zagueiros. O Figueirense vem tomando muitos gols bestas por pura falta de concentração e erros bobos, primários.

O primeiro tempo do Figueirense foi muito fraco. Já no segundo tempo, fez uma boa atuação. Com exceção do clássico, os demais jogos, incluindo o de hoje, foram exatamente assim: um começo apático, morno e um fim com muita garra e determinação.

Willian vem evoluindo a cada jogo. Gostei da atuação do atacante assim como a entrada de Roberto Firmíno no decorrer do jogo.

Gostei também da postura de Márcio Goiano. Vem fazendo um bom trabalho até o momento com todas as adversidades, carências  e limitações que o plantel possui. Apenas precisa corrigir alguns erros, como os que disse acima. Será que é o momento de efetivá-lo?

Enfim, foi um bom resultado. Ainda mais sendo com uma goleada, depois de estar de mal com a vitória por algum tempo. Com chances remotas de classificação para o "mata-mata" do turno, o Figueira encara a Chapecoense em crise no Orlando Scarpelli na quarta-feira.

E você, gostou da atuação do time no jogo de hoje?

Um grande abraço